Assine o manifesto!

Manifesto sobre plataformas que comercializam dados da educação

Nós acompanhamos com preocupação o avanço das plataformas de coleta e comercialização de dados nas universidades, redes de ensino e escolas brasileiras. Com o pretexto de apoiar as atividades online nesse momento de isolamento social para enfrentar o novo coronavírus, essas corporações oferecem serviços gratuítos e em muitos casos coletam, analisam e manipulam dados de cada uma de nossas interações, dos dados compartilhados através de texto, imagem e vídeo, mapeiam relações e podem ter acesso a informações sensíveis de pesquisa e desenvolvimento, comunicação via email, e dados de desempenho dos professores e estudantes.

Valendo-se do momento de crise, beneficiando-se do corte de recursos a que está submetida a educação pública, da ausência de infraestruturas de tecnologia da informação institucionais e redes de apoio informacional nacionais, contando com o adiamento da Lei Geral de Proteção de Dados, as plataformas parecem ter acelerado seu processo de consolidação das plataformas comunicacionais da Educação brasileira, conforme mapeado pelo projeto Educação Vigiada (https://educacaovigiada.org.br).

Nos colocamos contrários à prática dessas empresas, de coleta de dados, tratados para gerar valor e mais conhecimento às grandes corporações de países ricos. Somos pela proteção dos dados de nossas e nossos estudantes, professores, famílias e técnicos. Além disso, entendemos que a opção por plataformas de apoio a atividades a distância externas é algo dificilmente reversível tendo em vistas as mudanças técnicas e das práticas dos professores e alunos, que são doutrinados a utilizar certos sistemas, gerando dependência futura e a atrofia dos sistemas institucionais existentes.

Defendemos a criação de estruturas institucionais e nacionais com base em software livre, a atuação em rede e o apoio mútuo, com o armazenamento e treinamento de algoritmos de aprendizado de máquina que estejam sob o controle de nossos educadores e pesquisadores, com respeito à LGPD, e a serviço do desenvolvimento de nossa sociedade.

**sua assinatura**



Esse manifesto toma como base (https://www.facebook.com/752385273/posts/10163353492500274/). Agradecemos aos colegas da UFABC.
48 assinaturas

Compartilhe:

   


Últimas assinaturas
48 Carlos Ernest Dias jul 06, 2020
47 Mariléia Tenório Dionísio jul 06, 2020
46 Bruno Bertacini Viégas jul 06, 2020
45 Amanda Veloso Garcia jul 02, 2020
44 Maria Denise Guedes jul 02, 2020
43 Eliane Vasconcelos Oliveira jun 26, 2020
42 ALBERTO DAMASCENO jun 26, 2020
41 Viviane Santos jun 25, 2020
40 Emanuelle de Souza Barbosa jun 25, 2020
39 Marcelo Rodrigues Souza Ribeiro jun 18, 2020
38 Jose Carlos Ferreira jun 17, 2020
37 Lívia Moraes jun 13, 2020
36 carla giovana rocha jun 02, 2020
35 Bráulio de Britto Neves Maio 21, 2020
34 Rebeca Hennemann Vergara de Souza Maio 21, 2020
33 Leonardo Duarte Maio 21, 2020
32 Andressa Regina Vizin Maio 20, 2020
31 Pedro Mismeti Maio 13, 2020
30 Nayara Oliveira Maio 13, 2020
29 Simone Sartori Jabur Maio 12, 2020
28 Gustavo da Silva Faquim Maio 01, 2020
27 RODRIGO TRUYLLIO abr 29, 2020
26 Rafael M. Raposo abr 28, 2020
25 ALEXIA PADUA FRANCO abr 27, 2020
24 Joyce Souza abr 27, 2020
23 João Vilnei de Oliveira Filho abr 26, 2020
22 Simoni Canto abr 23, 2020
21 Juarez SIlva abr 21, 2020
20 Ricardo Rolim Xavier abr 21, 2020
19 Lucas Renan Leal abr 21, 2020
18 Ricardo Figueiredo de Castro abr 20, 2020
17 Andre Genesini abr 20, 2020
16 Henrique Parra abr 18, 2020
15 Débora Sebriam abr 18, 2020
14 Olívia Bandeira abr 17, 2020
13 Marcelo da Silva Zanon abr 17, 2020
12 José Carlos Redondo Lima abr 17, 2020
11 Homero Odisseus Massuto abr 17, 2020
10 Felipe Lima De Souza abr 17, 2020
9 Cleide Vieira Santos abr 17, 2020
8 Miguel Said Vieira abr 17, 2020
7 Carlos Pontes abr 17, 2020
6 Raimundo Ximenes Prado Filho abr 17, 2020
5 Ewout ter Haar abr 17, 2020
4 Priscila Gonsales abr 16, 2020
3 Leonardo Cruz abr 13, 2020
2 Filipe Saraiva abr 13, 2020
1 Tel Amiel abr 13, 2020

Rolar para o topo